Aplicativo: Kill Bills

Chega de esquecer a data de vencimento das suas contas: conheça o Kill Bills, aplicativo que vai te ajudar a gerenciar os valores e o pagamento das suas contas de forma simples, rápida e intuitiva!

Sim, gente: o aplicativo do post de hoje tem esse nome engraçadinho mesmo – Kill Bills. Mas a escolha do nome foi bem acertada porque ele é um aplicativo pra controlar o pagamento das suas contas, ou matar suas contas, ou enfim… ah, vocês entenderam.

Existem muitos aplicativos de controle financeiro, pra controlar seu fluxo de caixa, ou seja: grana entrando e saindo das suas contas e cartões. Mas infelizmente não existe uma variedade muito grande de aplicativos pra controlar suas contas, te avisar dos vencimentos, etc – tem menos ainda aplicativos disponíveis em português e que sejam gratuitos. Mas encontrei esse que, além do nome engraçadinho, faz tudo que se propõe a fazer.

Então, se você quiser ir além do controle mensal de contas que já publicamos aqui, e quer ter controle total das suas contas na palma da sua mão, não procure mais: esse aplicativo é pra você. E é muito fácil de usar, olha só:

Essa é a tela inicial do aplicativo, ou “dashboard” – todas as suas contas vão aparecer aqui. Na parte inferior você tem acesso às quatro opções de visualização: o dashboard inicial, vencidos, a pagar e pagos. Pra começar, pegue todas as suas contas (pra não esquecer de nenhuma!), e clique no “+”, no canto superior direito.

Aplicativo Kill Bills para gerenciamento de contas
“Você não tem contas a pagar”, hahaha piada boa hein?

Read more

Como congelar seus gastos (e sobreviver)

Saiba como congelar seus gastos de forma eficiente, e sem sofrer muito - é mais fácil do que parece!

Não importa o quanto você seja pão duro quão cuidadoso você seja com sua grana. Você pode estar em qualquer posição no espectro de gastadores: você já pode ter aprendido como fazer seu orçamento, acompanha seus gastos; ou você nunca conseguiu fazer nada disso, e mal sabe o quanto entra e o quanto sai de dinheiro nas suas contas e cartões.

Você vai escorregar um dia. 

Vai gastar mais do que devia, e vai abrir um rombo no seu orçamento. Ou você gastou com algo parece inofensivo no dia-a-dia (um café da manhã fora de casa, por exemplo), e esse gasto virou hábito, e está comendo seu orçamento. O fato é que um dia, você vai se ver precisando – e MUITO – de parar de gastar dinheiro. E quer saber? Congelar seus gastos é uma ótima maneira de se dar conta dos rumos que seu dinheiro está tomando.

Se você acha que está pronto pra congelar suas despesas por um período, saiba que 1) você não está sozinho, e 2) temos dicas ótimas pra te ajudar a sobreviver a essa tragédia (e nem vai ser tão difícil assim).

Read more

Pare de comprar por impulso

Aí você está todo contente porque começou a seguir alguns dos conselhos que a Casa deu sobre finanças – fez o seu controle de contas, baixou o GuiaBolso, criou um orçamento, está tentando mesmo sair do vermelho.

Mas aí você foi ao shopping.

E aí você entrou em uma loja cheia de coisas lindas das quais você não precisa.

E aí o vendedor era simpático, te deu um descontinho bacana, disse que aquela calça caiu super bem em você, falou que aquele era o smartphone da moda, te convenceu que você P-R-E-C-I-S-A de uma máquina de fazer pão.

E aí você pensou, “só uma comprinha não vai afetar meu orçamento.”

E aí, por fim, você se enganou. Porque o problema não é a comprinha em si, é o fato de você ter comprado por impulso. Essas compras são as mais prejudiciais para o seu orçamento, pois não são planejadas, e quase nunca são necessárias. Aprenda hoje alguns truques e recomendações pra impedir que essas “comprinhas” abalem suas finanças!

Read more

Diminua o desperdício de dinheiro com os 5 R

Acabe com o desperdício de dinheiro usando os 5R!

Desperdício é, infelizmente, uma das palavras da moda. Compramos muito, queremos tudo, e desperdiçamos muito mais do que imaginamos. Boa parte desse desperdício reflete em perdas financeiras. Pensa comigo: comida que você joga fora (eu sou péssima nesse quesito, infelizmente), itens que estão parados e sem uso na sua casa, serviços que você paga e não usa (ou usa muito pouco)… tudo isso é dinheiro indo embora da sua conta e da sua carteira.

Mas hoje nós vamos fechar a torneira do desperdício, com 5 “R” – um método simples pra você re-avaliar sua relação com seu dinheiro e não deixar ele ir embora mais!

Acabe com o desperdício de dinheiro usando os 5R!

Read more

Como criar um orçamento que funcione

Saiba como criar um orçamento que funcione de verdade pra você, e aprenda, passo a passo, como organizar suas finanças para que caibam no seu orçamento.

Temos falado muito sobre grana aqui na casa – você pode ver todos os posts sobre esse assunto na Categoria: Finanças. Acredito que manter as finanças em dia é fundamental pra viver bem, e querendo ou não, grana é um assunto recorrente nas nossas vidas. De certo modo, cuidar bem do dinheiro faz parte de cuidar bem da casa.

E por mais que as pessoas consigam, mesmo que mais ou menos, controlar seus gastos (ou pelo menos ter uma ideia geral de onde o dinheiro está sendo gasto), uma das grandes dificuldades gerais é montar um orçamento. Como saber quanto vou gastar? Parece tão complicado! As pessoas nem sabem por onde começar. Mas se você não tiver um orçamento feito, você nunca saberá se está:

  1. gastando menos do que ganha;
  2. gastando nas coisas certas; e
  3. poupando o suficiente.

Preciso admitir que fazer um orçamento não é uma das tarefas mais legais, mesmo pra quem gosta de mexer com números, mas é necessário fazê-lo se você quiser ter controle do seu dinheiro – e depois de um tempo torna-se quase automático, se for feito sempre. Então aqui vão alguns passos que podem ajudar a tornar essa tarefa menos tediosa e mais eficiente.

Pare e pense no futuro próximo (e nem tão próximo)

Estabelecer um objetivo é fundamental em várias áreas da vida, e com suas finanças não seria diferente. Pare e reflita sobre a sua vida financeira, e quais são seus objetivos que dependem de dinheiro. Você quer pagar suas dívidas e sair do vermelho? Quer fazer uma viagem? Quer estudar? Ninguém mais pode definir seus objetivos, a não ser você. Seja sincero consigo mesmo, estabeleça suas prioridades e faça a conta de quanto precisa poupar. Esse é o começo do seu orçamento.

A segunda parte é definir em quanto tempo você quer chegar nesse objetivo. Quer viajar esse ano? Trocar de carro ano que vem? Saldar suas dívidas daqui a 6 meses? Nesse momento não importa se o prazo é realista ou não: pense em um prazo que pareça razoável pra você.

Por fim, divida o valor necessário para chegar no seu objetivo pelo tempo estabelecido por você. Por exemplo, se sua viagem vai custar R$ 5.000,00 e você tem 6 meses, vai precisar poupar pouco mais de R$ 800,00 por mês (considerando que o valor poupado até agora seja zero). Você pode chegar à conclusão que esse valor é muito alto, e tudo bem. Significa que ou sua viagem precisa ser mais barata, ou você precisa adiá-la por alguns meses.

O importante aqui é ter todas as informações, para poder tomar as ações necessárias pra alcançar seu objetivo financeiro, seja ele de curto ou longo prazo.

Read more

aplicativo: GuiaBolso

aplicativo guiabolso

Semana passada falamos sobre 6 passos simples para uma vida sem dívidas, e um deles era “ter um orçamento”. Bom, pra ter um orçamento você precisa saber duas coisas:

  1. quanto você pode gastar (sua renda líquida), e
  2. quanto você gasta atualmente.

Na maioria das vezes, a gente se perde no segundo item. Tentamos escrever tudo em um caderno, baixamos mil e uma planilhas, mas um mês depois volta tudo a ser como era antes – controles como esses, apesar de terem seus pontos positivos, exigem disciplina e tempo, coisas que às vezes não temos. Acredite, você não está sozinho. Uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil, CNDL e Meu Bolso Feliz em janeiro deste ano, informou que apenas cerca de 36% dos brasileiros controla seus ganhos e gastos. O restante deu as mais diversas justificativas:

Pesquisa sobre o controle de ganhos e gastos feito pelo brasileiro

A notícia boa é que, se você está nos 64%, você pode “pular” para o lado de quem tem total controle sobre suas finanças, sem perder tempo e sem gastar mais nenhum tostão. Sabe como? Com um dos aplicativos mais úteis que eu já tive na vida, e olha que já foram muitos: o GuiaBolso. Com o aplicativo, e esse guia completo da Casa, acabaram-se as desculpas. Vem!

Read more